08/03/2022 às 11:47 Formação Marketing

O jogo mudou: Facebook ADS

5
5min de leitura

Quer saber como apostar em anúncios pagos no Facebook, mais conhecido como Facebook Ads?! Ainda agora se está a aventurar no marketing digital, mas já percebeu a importância das campanhas?

Se respondeu ‘sim’ a ambas as perguntas, é porque este artigo é para si, pois irá ficar na posse de informação que será útil para o seu negócio.

Antes de explicações mais técnicas, uma nota: o seu foco é anunciar para as pessoas que querem comprar comprar os seus produtos ou serviços. É um erro tentar alcançar o maior número de pessoas possível sem qualquer critério/aleatoriamente. É preciso segmentar.

Agora sim, vamos a isso: no Facebook abra o gestor de anúncios. Caso não encontre nenhum botão com essa designação, escreva na barra de pesquisa Facebook.com/ads/manager.

Quando entrar nessa página, vá a definições de pagamento. Quando abrir a página indicada irá encontrar a página das campanhas. Procure no canto inferior esquerdo o símbolo de uma ferramenta que corresponde às definições. Clique nele para abrir a configuração 'conta de anúncios'.

Do lado esquerdo, carregue no 3º botão que tem o símbolo de um cartão. É aqui que vai aceder às definições de pagamento. Adicione um método de pagamento e deixe tudo configurado para que depois consiga criar os seus anúncios livremente!

Anúncio de raiz

Agora, procure 'públicos' no gerador de anúncios. Quando não encontrar o acesso a alguma das funcionalidades, experimente procurar na pesquisa. Ao aceder a 'público', vai encontrar definições muito úteis para direcionar os seus anúncios à sua maneira.

Sugiro que escolha a opção 'criar público guardado'. É perfeito para iniciantes, pois vais criar um público de raiz. Preencha os dados que vão sendo requeridos, sempre de acordo com o que pretende e tendo em vista a segmentação do seu público-alvo. Dê um nome ao seu público e ignore a opção de 'públicos personalizados', por enquanto.

Defina a localização para onde quer direcionar o teu anúncio. Quanto mais segmentado, melhor! Mas não exclua potenciais zonas de clientes. Defina a idade, o género e o idioma do seu público. Na definição detalhada do público-alvo, certifique-se de que insere algumas palavras-chave.

Todo este processo vai segmentar de forma muito eficaz o seu público! No final, repare que do lado direito vai encontrar uma estimativa do potencial público alcançado tendo em conta todas as restrições que definiu!

O Facebook Ads é, de facto, uma ferramenta muito boa!

Testar alcance

Lembre-se que quanto mais direcionado for o seu público, melhor funcionarão os anúncios. Vão chegar apenas às pessoas que quer e que têm interesse no seu serviço, e com isto economizará algum investimento. O objetivo é chegar ao nicho de pessoas que quer os seus serviços ou produtos!

Vamos então criar uma publicação e transformá-la depois num anúncio. Para que entenda melhor todas as fases de uma publicação, comece por copiar um link externo para a sua publicação, como se fosse partilhar um vídeo do Youtube, por exemplo. Ao copiar o link vai ter acesso a muita personalização da publicação, tal como a alteração da imagem utilizada, descrição e título. Depois da publicação personalizada, partilhe-a.

Tratemos agora de anunciar essa publicação. Uma vez publicado o post, encontrará um botão com a designação 'impulsionar publicação'. (É possível que na altura em que estiver a ler este artigo, essa já não seja a designação para o botão, pois a interface do Facebook está em constante atualização. Mas certamente que encontrará a que corresponde.) Ao clicar, tudo o que tem de fazer é preencher e ir respondendo ao que for solicitado.

Tome especial atenção ao investimento que faz e não se esqueça de colocar uma data limite do anúncio. Caso contrário, estará a circular durante vários dias e causará um prejuízo que, nesta fase, será bastante inconveniente. O melhor conselho é que não invista muito num primeiro momento.

As penalizações do Facebook

Vá testando o alcance das publicações e analisando o respetivo resultado. Só quando tiver uma base sólida sobre o que resulta e o que não resulta é que deve começar a fazer investimentos mais avultados. Para evitar danos económicos desnecessários, precipitados e desastrosos, estude bem o alcance, impacto e a adesão das pessoas aos seus anúncios numa fase inicial!

Portanto, quanto mais investir, mais pessoas alcança. Mas atenção, estude primeiro os resultados que vai obtendo agora nesta etapa mais experimental. Quanto gastou, quanto tempo ficou o anúncio no ar, quantas interações proporcionou, e tudo isto conforme o valor investido.

Um detalhe relativamente às publicações que vai anunciar: as imagens que utilizar só podem ter 20% de texto, segundo as regras do Facebook. Se o seu algoritmo detetar que a imagem tem mais texto do que essa percentagem, o seu conteúdo vai ser imediatamente negado. Tenha isso em atenção. O Facebook também penaliza conteúdos de cariz sexual explícito ou que possa ferir suscetibilidades.

Quando promover um anúncio, defina o objetivo da estratégia de marketing, pois o algoritmo vai ajudar e contribuir de formas diferentes para o seu sucesso.

Objetivo da publicação

As opções que tem ao teu dispor para definir o seu objetivo dividem-se em três categorias: Divulgação, Credibilidade (Consideração) e Conversão. Ao passar o cursor por cima de cada uma delas, terá a informação necessária para perceber qual o propósito da respetiva opção. Pense bem qual é o seu objetivo e escolha a opção que melhor se enquadra.

Siga sempre as instruções definidas e, uma vez mais, tenha em atenção o seguinte: coloque sempre uma data limite! Depois, tem de escolher o seu público. Ainda nesta secção, pode selecionar a opção de posicionamento automático para segmentar o seu público.

Relativamente ao conteúdo: comece por escolher o formato. Esta fase exige alguma análise, criatividade e originalidade. Preencha os campos necessários como o texto principal, o URL, o título e a descrição. Não esqueça de fazer um call to action (CTA), isto é, uma 'chamada para a ação'. Leva as pessoas a tomarem uma ação, a acederem ao seu website, por exemplo!

Uma dica: quando produzir conteúdo em formato de vídeo evite colocar um link para o Youtube. Tente antes carregar o vídeo diretamente no Facebook, pois o algoritmo prejudica publicações que levem as pessoas a saírem da sua plataforma. Todas as publicações que permitam a pessoa ficar mais tempo no Facebook vão ter prioridade e, consequentemente, o alcance da publicação vai ser significativamente maior.

Explore todas as definições do Facebook Ads e as respetivas ferramentas! 

Para saber mais sobre esta rede social e as possibilidades que apresenta como uma mais-valia para o seu negócio, leia o próximo artigo sobre Pixel do Facebook.

08 Mar 2022

O jogo mudou: Facebook ADS

Comentar
Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Copiar URL

Tags

Anúncio FacebookAds Formação MarketingDigital Teste

Quem viu também gostou de

04 de Mar de 2022

O poder do networking

04 de Mar de 2022

Qual é a história da sua empresa? Qual o diferencial?

04 de Mar de 2022

Usar o Facebook favorece o seu negócio?

Logo do Whatsapp